É comum se sentir cansado e sem energia, principalmente por causa do modo em que vivemos hoje em dia: sempre muito atarefados e correndo pra cima e pra baixo pra dar tempo de fazer tudo. O que não é normal é uma falta de disposição e força tão intensa que chega a afetar a sua saúde e o bem estar.

O que acontece que o cansaço é apenas um sintoma de algum problema que está sobrecarregando o seu organismo, não dando o suporte necessário para que ele se recupere, afinal todo mundo precisa de um descanso de vez enquanto.

Sendo assim, conheça os principais motivos que tem deixado as pessoas mais cansadas que o habitual e como lidar diante dessa situação.

1. Estresse

Infelizmente, atualmente, o estresse faz parte da vida e do cotidiano de muitas pessoas. São muitas as pressões que sofremos e elas vêm de todos os lados, no trabalho, na faculdade ou em casa. Desse modo, é difícil evitar passar por situações de estresse, mas é a forma como lida que vai fazer toda a diferença.

Quando o corpo passa por isso, ele produz um hormônio chamado cortisol. E de início ele é muito bom, pois ajuda o organismo a responder a este estímulo de forma rápida.

O problema está quando os níveis altos de cortisol se mantêm ao longo do tempo, se tornando tóxico e, assim, poderá levar ao aparecimento de transtornos de humor, baixo desejo sexual, ganho de peso e oscilações nas concentrações de açúcar no sangue.

Com isso, o melhor a se fazer é ter alguns momentos de relaxamento, seja por yoga, meditação, alongamento ou qualquer outra atividade que alivie o seu estresse (alguns gostam de pintar, outros de conversar e apenas desabafar). Não importa o que escolher, apenas relaxe, tire essa carga das suas costas e curta o momento.

2. Hidratação inadequada

O nosso corpo é composto a maior parte de água, cerca de 75%. É por isso que você já deve estar cansado de ouvir que beber água é muito importante para a saúde. Talvez, o que você não saiba, é que a falta de água pode comprometer o nível energético, pois ela é necessária para que as reações aconteçam.

Além disso, diversos órgãos tem o seu funcionamento afetado, inclusive o cérebro, o que atrapalha no foco e outras funções cognitivas, como raciocínio, tomada de decisões, memória etc.

Manter-se hidratado é o básico, por isso tenha sempre por perto uma garrafinha e beba bastante água.

3. Problemas com o sono

Não tem como ter energia se não dormir direito, afinal é durante o sono que todo o organismo descansa e repõe todas as forças para conseguir enfrentar o outro dia.

Além disso, é neste momento que muitas funções fisiológicas importantes acontecem, como reparação tecidual, produção de hormônios, limpeza das toxinas, a consolidação da memória, entre outros.

Mas fique atento não apenas a quantidade de sono, a qualidade é ainda mais importante. O que adianta dormir 10h se não conseguiu alcançar o sono profundo? Se você seguir algumas dicas, ajudará a ter um sono renovador:

  • Determine um horário para dormir todos os dias
  • Crie uma rotina, pois o corpo irá se adaptar e ficará mais fácil de cair no sono.
  • Evite tomar estimulantes (café, energético etc) após 16h
  • Não use aparelhos eletrônicos 1 hora antes de dormir (a luz estimula o sistema nervoso)
  • Não coma alimentos muito gordurosos ou em grande quantidade, a digestão a noite fica mais lenta e o desconforto prejudica o sono.

4. Deficiência de nutrientes e minerais

Não é porque você vai se alimentar de forma mais saudável que significa que vai abandonar tudo o que mais gosta de comer. Você apenas irá fazer escolhas melhores e na maioria das refeições, tomando cuidado com os excessos e as deficiências.

O importante é comer alimentos que forneçam a quantidade suficiente de todos os nutrientes que o corpo precisa: minerais, vitaminas, proteína, gordura e inclusive o tão temido carboidrato.

O nosso organismo reage mal tanto aos excessos quanto às deficiências. Isso quer dizer que se beber água exageradamente você terá problemas, assim como se beber pouco.

Geralmente, é a falta de nutrientes que leva ao cansaço e fadiga. Sendo assim, procure um nutricionista e veja como se alimentar de forma saudável e, principalmente, uma dieta que seja sustentável – que você consiga permanecer nela sem furar e sem parecer que é a morte.

5. Overdose de cafeína

A cafeína é um ótimo estimulante do Sistema Nervoso, mas o seu excesso é extremamente prejudicial e pode causar o efeito contrário: é o que chamamos de overdose de cafeína.

A dose recomendada é de 150 a 300 mg por dia. Quando ocorre o consumo em quantidades acima de 300 a 400 mg dificulta o momento de dormir e o sono profundo, o que faz com que não consiga recarregar as energias. Ou seja, você acorda mais cansado do que antes de ter dormido.

Além disso, o excesso de cafeína pode aumentar a ansiedade, causar tremores, nervosismo e, ainda, diminuir o foco. Então, tome cuidado para não se “embriagar” de café e acabar com a sua disposição e energia.

6. Pouca atividade física

Você deve estar se perguntando: Como vou recuperar a minha energia fazendo exercício físico se ele gasta energia? Entenda que a prática de qualquer tipo de atividade física é benéfica para o corpo como um todo, pois produz hormônios, como a endorfina, que dão a sensação de bem estar e ânimo.

Já experimentou fazer musculação de manhã? A energia durante o restante do dia é fora do comum, inclusive esse efeito estimulante é tão intenso que se fizer muito tarde da noite terá bastante dificuldade para dormir.

Portanto, se levante da cadeira, largue a vida sedentária e se exercite. Assim terá uma vida mais saudável e com muita disposição.

Clique aqui e conheça outros conteúdos para o seu bem-estar.

Recomendados para Você
3 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*