A carnitina ou L-carnitina (forma biologicamente ativa) é um aminoácido produzido pelo fígado e pelos rins a partir de alguns aminoácidos essenciais, como a lisina e metionina, e desempenha papéis fundamentais para o bom funcionamento do organismo.

Porém, muito mais do que apenas a manutenção do corpo, a sua suplementação tem sido buscada por diferentes tipos de pessoas, seja para potencializar a queima de gordura, aumentar a energia para os músculos, melhorar o desempenho físico ou mental e até mesmo como terapêutica para algumas doenças.

Os benefícios que este aminoácido traz para a saúde são diversos e é por isso que viemos te mostrar como a carnitina pode te ajudar.

1. Auxilia na queima de gordura

Um dos principais fatores que levam as pessoas a procurar a suplementação com L-carnitina é o seu efeito queimador de gordura, principalmente em casos de deficiência deste aminoácido. Isso porque ela ajuda no transporte da gordura acumulada no organismo para ser queimada nas mitocôndrias e utilizada como fonte de energia.

2. Reduz os riscos de doença cardíaca

A carnitina atua aumentando a energia para a contração muscular cardíaca, possui ação vasodilatadora e antioxidante e, ainda, regula a concentração de Acil-CoA no coração, o qual gera danos nas células cardíacas.

Desse modo, ela é fundamental para o bom funcionamento deste órgão e tem sido utilizada no tratamento de doenças cardiovasculares, como insuficiência cardíaca, angina de peito, infarto etc.

3. Ajuda no ganho de massa magra

Algumas pesquisas mostram que a suplementação de L-carnitina contribui para a hipertrofia muscular pois estimula a ação de IGF-1 – hormônio que aumenta a síntese de novas fibras musculares – e aumenta a quantidade de receptores de testosterona dentro das células.

Além disso, outros estudos mostraram que a suplementação de L-carnitina pode aumentar a força e resistência muscular, aumenta a produção de cetonas que impedem o catabolismo proteico e favorece o anabolismo quando acompanhada de dieta e treino adequados.

4. Estimula a capacidade cognitiva

A carnitina é um nootrópico, ou seja, é capaz de melhorar aspectos cognitivos – memória, aprendizagem, concentração, raciocínio, tomada de decisões etc. – sem causar danos físicos ou químicos ao cérebro. O seu efeito é semelhante ao do Gingko Biloba, uma planta de origem chinesa, que estimula o funcionamento cerebral e protege o órgão dos danos causados pelo envelhecimento.

Segundo um estudo realizado em 2012, a acetil-L-carnitina, por ter maior capacidade de atravessar a barreira hematoencefálica (sangue-cérebro), retarda processos neurodegenerativos (declínio mental) e melhora a memória e aprendizagem em idosos, em função dos efeitos antioxidantes e porque está relacionada com a produção de Acetil-CoA, molécula necessária para formar a acetilcolina (neurotransmissor envolvido nos processos cognitivos).

5. Atua como antioxidante

A carnitina tem propriedades antioxidantes, o que significa que ela previne os danos que os radicais livres fazem às células saudáveis. Desse modo, previne o envelhecimento precoce e o aparecimento de doenças degenerativas.

6. Melhora o desempenho físico

Durante a atividade física, a carnitina aumenta a queima de gorduras, o que diminui a perda da reserva de glicogênio muscular, retarda a fadiga por meio da ativação de enzimas que favorecem a menor produção de lactato. Além disso, devido a sua ação vasodilatadora, permite chegar maior suprimento de oxigênio e nutrientes às células musculares.

Ela também atua durante a recuperação, protegendo o organismo da ação dos radicais livres (reduz o stress oxidativo). Sendo assim, ela é uma ótima aliada nos treinos, melhorando o seu desempenho físico.

7. Controla o colesterol

Outro benefício da suplementação com carnitina para a saúde é o controle das alterações das concentrações do colesterol no sangue. Isso acontece porque ela é um importante fator de oxidação de gorduras, o que aumenta a mobilização de triglicerídeos e, consequentemente, reduz a proteína VLDL – fator de risco para doenças cardiovasculares. Por esse motivo, tem sido vista como tratamento

8. Melhora o fluxo sanguíneo

Como possui ação vasodilatadora, a carnitina tem se mostrado bastante eficiente para aumentar o fluxo sanguíneo em pacientes com doenças isquêmicas (doença arterial coronária), com claudicação intermitente (dor e cãibra excessiva durante o exercício), hipertensos ou com insuficiência renal.

9. Diminui a fadiga em idosos

Algumas pesquisas mostram que tomar L-carnitina diariamente por 30 dias melhora a fadiga física e mental, aumenta a massa muscular e diminui a massa gorda em pessoas idosas com baixa resistência muscular e em pessoas com encefalopatia hepática.

10. Controla o metabolismo da glicose

A carnitina atua no metabolismo da glicose, aumentando a oxidação e estocagem de açúcar. Assim, otimiza o funcionamento da insulina nas células musculares.

Desse modo, o consumo de 2 gramas por dia pode aumentar a sensibilidade à insulina e os níveis de AMPK (enzima que aumenta a capacidade do corpo de utilizar carboidratos vindos da dieta), além de estabilizar as concentrações de glicose no sangue, principalmente durante a ingestão de carboidratos. Com isso, reduz a diabetes gestacional, diabetes tipo 2 e a síndrome metabólica.

11. Previne a perda óssea

A osteoporose relacionada à idade é a perda óssea que acomete principalmente as mulheres, mas também ocorre em homens. Mas a carnitina pode ser uma grande aliada para reduzir essa perda, pois estimula a produção de osteocalcina – proteína produzida pelas células ósseas que age na mineralização do osso.

12. Melhora qualidade de vida em pacientes com doenças renais ou hepáticas

Além de todos esses benefícios, uma revisão de artigos mostrou que a carnitina pode ser indicada para pacientes submetidos à hemodiálise ou com alguma doença hepática, devido a baixa capacidade de produção deste aminoácido que esses indivíduos possuem.

Nessas situações, a suplementação promove melhora das condições clínicas e, consequentemente, melhor qualidade e expectativa de vida.

 

Por mais que traga inúmeros benefícios à saúde, lembre-se sempre que, antes de tomar qualquer suplemento, é preciso procurar um especialista para conhecer qual é a melhor opção para que você consiga alcançar os seus objetivos.

Gostou desse artigo? Deixe o seu comentário e clique aqui para conhecer outros conteúdos para sua saúde.

Recomendados para Você
Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*